O que há de errado?

O gráfico ao lado mostra o consumo mundial de alimentos, publicado pela FAO agora em junho (2009). Como pode ser observado na figura o consumo de cereais, laticínios e carnes caiu no último ano, mas veja o consumo de açúcar (Sugar - linha mais clara): voltou a aumentar e aumentou muito! O consumo de açúcar não deveria ultrapassar 10% das calorias diárias. O IBGE estima que os brasileiros consumam 13% de calorias derivadas de açúcar só em casa, sem contar com o açúcar, doces, balas e refrigerantes consumidos na rua!

O USDA recomenda que não sejam ultrapassadas 10 colheres de sopa de açúcar ao dia. Há, isso é muito, certo? Certo, mas uma única lata de refrigerante contém estas 10 colheres de sopa de açúcar; 10 balas (50g) contém 11 colheres, 1 xícara de cereal matinal já adicionado de açúcar contém 4 colheres, 250ml de limonada no restaurante pode conter até 7 colheres! Fora o açúcar dos cafezinhos, do achocolatado para o leite, do iogurte de frutas, do chocolate ou da sobremesa do almoço. E você sabe: açúcar em excesso contribui para o aumento do peso e dos triglicerídeos. Além disto, este açúcar simples não contém fibras, vitaminas e minerais o que ocasiona um desequilíbrio em nosso organismo. Alguns autores relacionam, inclusive, o excesso de açúcar com depressão, constipação, congestão, ansiedade, inflamação e disfunções no sistema imune, dentre outros problemas.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.