STAMP2, Inflamação e Resistência à insulina

A resistência da insulina é um evento comum em indivíduos obesos. Quando a insulina (hormônio produzido pelas células beta do pâncreas) não consegue exercer seus efeitos o resultado é um aumento nos níveis de glicose sanguínea. Esta hiperglicemia é um fator de risco para o diabetes mellitus e a resistência à insulina também aumenta o número de complicações relacionadas à obesidade como as doenças cardiovasculares. Muitos fatores do tecido adiposo branco contribuem para a resistência à insulina, como a liberação de ácidos graxos e adipocinas além do estado pró-inflamatório criado. Contudo, os caminhos moleculares que envolvem a resistência à insulina ainda são pouco compreendidos.

A expressão de STAMP2 (veja figura) no tecido adiposo branco tem sido estudada pois parece ser um fator contra regulador da inflamação e da resistência à insulina. Em ratos a expressão de STAMP2 e de adiponectina (um regulador da sensibilidade à insulina) são induzidas pela obesidade. Ratos que não tem STAMP2 acumulam mais gordura subcutânea e apresentam resistência à insulina. Como a expressão do RNAm para STAMP2 é estimulado com o tratamento com o fator de necrose tumoral alfa (TNFA), estes resultados sugerem que a expressão de STAMP2 aumenta como um fator protetor antiinflamatório e aumentando-o teria-se uma melhor resposta à insulina. Porém, este novo estudo feito agora em seres humanos, levantou a hipótese de que na verdade o STAMP2 contribui para a resistência à insulina. Isto porque além da expressão do STAMP2 claramente estar aumentada em indivíduos obesos, os níveis do mesmo nas células adiposas não diminuíram com a perda de peso.

Para ler o artigo na íntegra: Peter Arner, Britta M. Stenson, Elisabeth Dungner, Erik Näslund, Johan Hoffstedt, Mikael Ryden, and Ingrid Dahlman. Expression of STAMP2 in human adipose tissue associates with adiposity and insulin resistance. J. Clin. Endocrinol. Metab. published April 1, 2008. Disponível em: <http://jcem.endojournals.org/cgi/rapidpdf/jc.2008-0206v1>. Acesso em 07/11/2008.

Fonte da imagem: http://www.nature.com/icb/journal/v85/n6/images/7100107f1.jpg

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags