Estilo de vida saudável diminui mortes prematuras em mulheres

Quase metade dos óbitos em mulheres em decorrência de doenças crônicas como câncer e problemas do coração pode ser evitado com um estilo de vida saudável que inclui abstensão do tabagismo, manutenção de um peso saudável, prática de atividade física moderada e adoção de uma alimentação com pouca carne vermelha e gorduras trans.

No estudo, publicado esta semana no site do British Medical Journal, 80.000 mulheres com idades entre 34 e 59 anos, foram acompanhadas por 24 anos. Todas as participantes preencheram questionários com informações sobre a alimentação, consumo de álcool, história de doenças prévias, dentre outras informações. Durante o período ocorreram 8.882 mortes, incluindo 1.790 por doenças cardiovasculares e 4.527 por câncer. Destas 28% poderiam ter sido evitadas se as mulheres não tivessem fumado, se tivessem praticado atividade física, seguido uma alimentação balanceada e mantido o peso ideal durante a vida. Interessantemente, mulheres com consumo de baixo a moderado de álcool (até 1 drinque ao dia) tiveram uma menor chance de morrer por doenças cardiovasculares do que mulheres que nunca faziam uso das bebidas.

Para saber mais: http://www.bmj.com/cgi/content/abstract/337/sep16_2/a1440

Está precisando de ajuda? Marque uma sessão de coaching enviando uma mensagem! 

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags