Esta semana vai ser diferente!

Nos últimos dias estava irritada com os parlamentares. Aprovaram a retirada do rótulo dos alimentos. Entrei em ação, gravei um vídeo e fiquei batendo panela lá no twitter. 

Perdi dois dias de estudo no final das contas (defendo o doutorado em agosto, então isso não é bom). O que me faz pensar que redes sociais e mindfulness (a arte de viver no momento) são o oposto. Não me entenda mal, as tecnologias são maravilhosas, aumentaram o acesso de todos a informações importantes. Adoro e aprendo muito por estar conectada. Porém, o uso adequado das tecnologias são um desafio. Temos cada vez mais coisas para ler, mais pessoas com quem conversar, e-mails para responder, vídeos para assistir... Estamos cada vez mais distraídos, cada vez menos focados, cada vez mais cansados. Pelo menos é assim que eu e muita gente com quem convivo nos sentimos. 

Não devemos rejeitar toda  a tecnologia, mas devemos escolher nossas causas com cuidado. Usar a tecnologia com mais cuidado. Eu saí do Facebook, por exemplo. Deixei apenas a página conectada ao meu blog, e que é automaticamente alimentada pelas coisas que coloco aqui ou no Instagram. Quando saí muita gente me cobrou? Mas e agora, como vamos te achar? Como você vai saber dos eventos? Bom, como sempre fizemos antes da existência do Facebook, com menos ansiedade. Selecionando o que importa, conversando com quem importa. E dizendo apenas o que importa. Não precisamos comentar sobre o tempo ou onde estamos o tempo todo. Aliás, quem se importa?

Quanto ao trabalho, muitos dos meus clientes apareceram e ainda aparecem por conta do meu trabalho na internet. Mas a maioria absoluta vem na verdade por indicação. Mas não acho que twitter ou facebook tenham me trazido clientes então estou tranquila. Outra questão é, por quê sair do Facebook e manter o Instagram (que aliás pertence à mesma empresa)? Bom, uma questão de gosto pessoal. Sou visual, amo fotos, adoro ver lugares diferentes, flores, animais, comidinhas... Entro uma vez ao dia e fico feliz. Para mim, o twitter já é o oposto do que gosto. Ficar conectada o dia todo me estressa. Acabo só usando quando estou em algum congresso. Aí o número de seguidores aumenta absurdamente. Depois, fico meses sem postar ou comentar nada e quando vejo estou novamente com 100 seguidores. Mas está lá, por enquanto.

Bom, no que esta semana será diferente? Não estarei no Facebook. Na verdade já saí a uma semana e não senti falta. Priorizarei diariamente o que é importante, sem deixar de conversar com as pessoas importantes que estão longe de mim. Está bom o suficiente para mim. Para outros as prioridades podem ser diferentes, como refletir sobre o que está por trás de cada notícia, não se deixar influenciar tanto pelas propagandas, responder calmamente aos comentários, se comunicar com mais doçura... Sei lá, no que sua semana precisa ser diferente?

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!