Trate o intestino e livre-se da fadiga

A síndrome da fadiga crônica (SFC) é uma condição clínica de cansaço persistente e inexplicável, que piora com atividade física e/ou intelectual. Pode ter longa duração (mais de 6 meses) e ser acompanhada de sintomas reumatológicos, infecciosos ou neuropsiquiátricos. Dor de cabeça, variações de humor, sono irregular e distúrbios gastrintestinais podem estar presentes. Além disso, estes pacientes são diagnosticados mais frequentemente com a síndrome do intestino irritável.  

A literatura também descreve disfunções imunes associadas à síndrome da fadiga crônica, com elevação de citocinas pró-inflamatórias, como a IL-6 e a IL-8. Estudos mostram uma diminuição dos níveis de Bifidobactérias em indivíduos com a síndrome da fadiga crônica e elevação dos níveis de bactérias patogênicas aeróbicas. A diminuição das bactérias boas com o aumento das patogênicas é comunicada ao sistema nervoso central pelo eixo HPA desencadenado reações e estresse e variações de humor. Como a literatura mostra também uma deficiência da coenzima Q10 (essencial à produção de energia) em grande número de indivíduos com SFC o tratamento dietético proposto passa pela suplementação da mesma associado ao tratamento da disbiose intestinal.

Fonte: http://www.nutritionandmetabolism.com/content/7/1/79

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!