Posso consumir ovos diariamente?

O ovo é um alimento muito versátil podendo ser consumido cozido, mexido, frito e fazendo parte de inúmeras preparações como suflês, purês, bolos, pudins etc. São ricos em proteínas de alto valor biológico, minerais e vitaminas. O ovo também é rico em colina, nutriente importante para o funcionamento do sistema nervoso.

Porém, seu consumo não pode ser exagerado já que gema é rica em colesterol, composto relacionado ao aumento da incidência de ataques cardíacos, juntamente com outros fatores de risco como consumo excessivo de gordura saturada e/ou trans, tabagismo, diabetes, obesidade e sedentarismo.

De acordo com um novo estudo publicado no Am. Journal of Clinical Nutrition, homens, com idades entre 40 e 85 anos, que consumiram 7 ou mais ovos por semana aumentaram sua chance de morrer em 23%, reabrindo o debate sobre a segurança do consumo do alimento.

A pesquisa que se iniciou em 1981 foi realizada com 21.327 médicos americanos e mostrou que os profissionais que consumiram mais ovos eram mais gordos, mais propensos a abusar de bebidas alcoólicas e menos propensos à prática de atividade física. Todos estes fatores contribuem para as doenças cardiovasculares e, após o ajuste estatístico para sexo, idade, atividade física e tabagismo, verificou-se que durante o período do estudo dentre os 1.550 médicos que infartaram, os 1.342 que tiveram derrames e os 5.159 que foram a óbito, o risco foi maior nos indivíduos que relataram ingestão de ovos superior a 7 unidades por semana, principalmente entre diabéticos.

Ingestões baixas ou esporádicas de ovos não aumentaram o risco de morrer, ou seja: assim como os outros alimentos os ovos não são bons nem ruins. E, como vocês já sabem o consumo moderado é a chave para uma dieta equilibrada e saudável por isto, evite consumir muitos ovos por semana, variando as fontes de proteína entre carne vermelha, peixes, aves e laticínios.

Fonte:

Djoussé L, Gaziano JM. Egg consumption in relation to cardiovascular disease and mortality: the Physicians' Health Study.  Am J Clin Nutr, 2008; 87:964-969

Imagem: http://www.chinadaily.com.cn

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!