Suplementação de zinco pode aumentar em até 85% a aceitação de alimentos salgados por crianças

Estudos sugerem que a deficiência de zinco é uma das causas da anorexia na infância. O zinco é um mineral que participa da regulação de muitas reações bioquímicas dentro das células. Sua deficiência pode diminuir a capacidade de distinguir sabores (hipogeusia), além de afetar o crescimento e o desenvolvimento e piorar a função imune (Prasad, 2012).

No Brasil, pediatras do Hospital Universitário de Brasília (Campos Jr et al. 2004) observaram que a suplementação de 1 mg/kg de zinco aumentou a aceitação de crianças de 8 meses a 5 anos para refeições salgadas (dosagem máxima diária de 10 mg/dia).

A tabela abaixo apresenta a recomendação de zinco para crianças saudáveis e a dosagem terapêutica máxima recomendada.

A suplementação pode ser feita na forma de solução ou cápsula. Para análise da necessidade de suplementação e individualização da fórmula consulte um nutricionista.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!