Comparação = frustração

body-shape-weight-lose-300x183.jpg

Sempre que uma cliente me diz: quero ficar com o corpo igual ao da fulana, já sei que o caminho será longo. Sou nutricionista, cuido da saúde por meio de uma alimentação adequada, nutritiva e saborosa. Quando a saúde melhora muitas coisas melhoram na vida. Você poderia dizer que até a aparência melhora mas isso é subjetivo. Gosto não se discute, cada um tem o seu.

O fato é que quando a cabeça não está bem, não há dieta que acabe com as frustrações. E a mídia não costuma ajudar muito por isso se está se sentindo mal com seu corpo a primeira coisa a fazer não é a começar a dieta e sim jogar todas as revistas de moda/boa forma no lixo e dessasinar todas as contas de Instagram de modelos e afins. Comparações são normais mas quanto mais pior, pois maior será a frustração. Somos únicos! Não dá para ter o corpo da fulana porque já temos nosso próprio corpo. 

antes-depois.jpg

Você pode fazer a dieta da celebridade, contratar o personal trainer da modelo mas seu corpo vai continuar sendo este aí, exclusivamente único e só seu, com esse DNA que não é igual ao de mais ninguém. Fotos antes-depois de atrizes e cantoras? A quem isso interessa? No que acrescenta às nossas vidas? 

Abrace-se, aceite-se. Aceite o que gosta e aceite também o que não gosta. Tire o peso dos seus ombros. Só quando não há julgamento é que a verdadeira autoestima aparece, abrindo inúmeras possibilidades em nossas vidas.

Com isso, não estou dizendo para você jogar tudo pro alto. Sou profissional de saúde, acredito e vivo o que prego. Busco consumir alimentos saudáveis, pratico atividade física, abro tempo na agenda para descanso e lazer. Isso tudo é importante e por isto também ajudo as pessoas que me procuram. Afinal, quando nos cuidamos temos energia para realizarmos nossos sonhos. Mas eles não saem do papel, não tornam-se realidade só com saúde física. A saúde mental também é fundamental.  Você conhece gente que tem um corpo bonito mas uma cabeça doente, cheia de neuroses, não é? E ajuda?

Precisamos estar em paz com nós mesmos, vivendo a vida de acordo com nossos valores. E qual é o seu valor maior? Ter o bumbum empinado e um percentual de gordura de 9%? Ou será que são alguns desses outros: honestidade, responsabilidade, integridade, criatividade, amizade, transparência, inteligência, autoaceitação, autoconhecimento, alegria, bom-humor, calma, otimismo, respeito, lealdade, iniciativa, dignidade, disciplina...

Também pode ser tudo isso. Você pode ter um baixo percentual de gordura e ainda viver de acordo com seus outros valores. Tudo bem. Se isso te fizer feliz. Agora, se para ter o baixo percentual de gordura você não pode comer, não pode sair com aqueles amigos que te amam, apreciam, valorizam de verdade, estando você acima ou abaixo do peso, com o cabelo arrumado ou desarrumado, quando você está feliz ou triste. Vale a pena largar tudo para seguir uma dieta cheia de restrições? Para ter uma vida cheia de restrições?

Então é assim: quer malhar? Malhe. Quer fazer dieta? Faça. Mas faça tudo para você. Não se compare com ninguém mais e nem com padrão nenhum. Antes de fazer o detox com suco verde faça o detox das mídias sociais. Desligue tudo e sua frustração vai diminuir. Também não aceite gente em sua vida que diz coisas negativas sobre seu corpo ou o de outras pessoas. Coisas do tipo:

  • Você tem um rosto tão bonito, deveria perder um pouco de peso;
  • Você engordou? / Você emagreceu?
  • Você quer mesmo comer isso?
  • Você já não comeu demais?
  • Estou preocupado com sua saúde! (parece bonitinho, mas quem tem que se preocupar é você e não sua vizinha, "amiga", colega de trabalho. Deixe claro que se um dia precisar de ajuda, pedirá!)
  • Quem é a pessoa mais linda / mais magra / mais gorda / mais __________ daqui?
  • Esse calça me faz parecer gorda?
l7ihar.png

E não faça isso com as outras pessoas também. Foque na sua vida, nos seus objetivos, nas coisas que são importantes para você, que enchem sua vida de significado. Você está satisfeito com seu desenvolvimento intelectual? Com a realização de seus propósitos? Com o seu trabalho? Com sua contribuição para o mundo? Com suas relações familiares? Com sua vida amorosa? E com sua vida social, com seus hobbies? E a espiritualidade, é importante para você? Se é, qual é sua dedicação a esse lado da vida?

Na maioria das vezes a frustração é decorrente de problemas em alguma destas áreas. E comer (ou fazer dieta) não vai solucionar nenhum deles. Se as coisas não estiverem bem na cabeça, não estarão bem em lugar algum. Não coloque a comida, a dieta, o percentual de gordura, o formato do corpo em primeiro lugar. Nem em segundo! Essas coisas não são a causa de todos os problemas da sua vida, nem de todas as alegrias.

Trabalhe a seu favor, aceite o corpo que tem hoje para conseguir chegar de forma natural naquele que é possível para você. Porque querendo ou não seu corpo vai mudar. Fazendo dieta ou não, malhando ou não. Nosso corpo muda a cada ano. Muda também da infância para a adolescência, desta para a fase adulta e ao longo de toda a vida. Então ame este momento pois ele não vai voltar, se resolva, se encontre. Quando fizer isso vai perceber que não há nada melhor do que ser você  mesma. Cuide do seu interior da mesma forma que cuida do seu exterior. E se precisar de mim é só chamar pela página de consultoria http://andreiatorres.com.br/consultoria

Deixe seu comentário.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags