Dicas para quem deseja parar de tomar refrigerantes

soda.jpg

Sua promessa de saúde para o ano que vai começar é deixar de tomar refrigerantes? É uma boa promessa. Refrigerantes são uma mistura de água com compostos como corantes, conservantes, adoçantes ou açúcares.

Se você toma um refrigerante convencional e tem dificuldade de visualizar a quantidade de carboidrato que ingere em uma única lata faça o seguinte: despeje 10 colheres de chá na pia da sua cozinha. Essa bagunça toda é a quantidade de açúcar que entrará rapidamente em seu sangue. O que isso significa? Basta lembrar que em nosso corpo circula normalmente uma única colher de chá de glicose (5g). Não é a toa que vários estudos mostram que o consumo de refrigerantes está positivamente associado ao excesso de peso e doenças como diabetes.

E o pior é que os refrigerantes dietéticos não resolvem o problema. Os adoçantes nestas bebidas estimulam o apetite, aumentando a compulsão justamente por alimentos ricos em carboidratos simples e também por gordura, favorecendo o ganho de peso. Pesquisa da Universidade do Texas mostrou que pessoas que consomem mais refrigerante diet/light possuem maior circunferência abdominal, fator de risco para doenças cardiovasculares e síndrome metabólica.

Refrigerantes a base de cola utilizam-se de corante caramelo para obter a cor escura. Este corante é criado a partir do aquecimento de amônia e sulfitos sob alta pressão, um processo que gera 4-metilimidazola (4-Mel), uma substância cancerígena. Outro composto associado ao maior risco de câncer é o benzoato, usado como conservante que aumenta a durabilidade do produto. Refrigerantes são bastante ácidos, principalmente pela presença de outro conservante, o ácido fosfórico, que aumenta a erosão dos dentes e contribui para a perda de massa óssea. 

Para quem deseja parar de tomar refrigerantes ou pelo menos reduzir o consumo seguem algumas dicas: 

1. Leia a lista de ingredientes. Você não encontrará nada que faça bem à sua saúde;

2. Não tenha refrigerantes em sua despensa e geladeira. Afinal, longe dos olhos, longe do coração;

3. Substitua o refrigerante por água com gás com gotinhas de limão ou laranja. Se precisar, adoce com estévia natural;

4. Mantenha-se bem hidratado ao longo do dia, ingerindo mais água e chás. Não chegue com sede ao restaurante. Se possível carregue uma garrafinha de água com você para onde for;

Saiba mais:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!