Fonte vegana de glutamina

glutamina-suplemento-capa.jpg

A glutamina é um aminoácido que tem como origem o tecido muscular. Desempenha importantes funções no metabolismo de processos biológicos importantes, tais como a função imune, a atividade neurológica, síntese de glicogênio (reserva de carboidrato) e ureia (para eliminação da amônia, que é tóxica), equilibra o pH sanguíneo, além de ter papel no crescimento muscular. Também é a principal fonte de energia de células de multiplicação rápida, como as presentes no intestino e no sistema imune.

Durante exercícios prolongados ou treinos exaustivos, sem períodos de recuperação adequados, a produção e liberação da glutamina cai e o risco de infecções aumenta. A suplementação de glutamina é bastante estudada para a melhoria da imunidade, principalmente em pacientes hospitalares. 

Carnes são boas fontes de glutamina, por isto, quem já possui uma grande ingestão deste tipo de alimento acaba não se beneficiando da suplementação. Já veganos costumam possuir menos glutamina circulante. A chia e o farelo de chia contém um pouco de glutamina mas a suplementação também pode ser recomendada em casos especiais. E existem marcas veganas, caso seja necessário.

Agora, mulheres devem ter cuidado com o uso prolongado da glutamina! Apesar de ser um nutriente importantíssimo para a saúde alguns estudos vem mostrando que o uso excessivo pode aumentar o crescimento do fungo Cândida albicans na região urogenital.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!