Dicas de saúde de Harvard

Terminei meu doutorado em Harvard. Realmente a instituição é tudo o que dizem. A estrutura e os professores são maravilhosos. A pesquisa não para. E nem a divulgação científica. Afinal, tudo o que pensam e fazem deve ser convertido em benefício real para a sociedade.  Na área de saúde os estudos envolvem campos multidisciplinares muito variados, como nutrigenética e nutrigenômica, saúde pública, gestão, liderança e comunicação em saúde, tratamento de inúmeras doenças, neurociência, yoga e mindfulness. 

O horário do almoço é reservado para palestras nos mais diversos departamentos, para que possamos conhecer o pensamento e as pesquisas uns dos outros. Fui a muitos eventos sobre os desafios da saúde pública no mundo, sobre tratamento de distúrbios alimentares, sobre meditação e até sobre a importância da música para o tratamento da dor crônica.

Destes eventos pude extrair alguns ensinamentos simples e que podem melhorar a nossa vida:

1) Relaxe. O estresse é o principal inimigo moderno, causador de muitas doenças. Aprender a desligar é fundamental  para o funcionamento do nosso cérebro e para a redução da produção de substâncias inflamatórias responsáveis por problemas de saúde. Práticas como meditação e relaxamento guiado aumentam a espessura do córtex cerebral. Com isso, previne-se a perda de memória e outros problemas relacionados ao envelhecimento. As práticas também nos ensinam a lidar melhor com as situações estressantes do dia-a-dia. 

2) Emagreça, se estiver com a gordura abdominal aumentada. Nosso tecido adiposo funciona como um órgão endócrino em miniatura, produzindo substâncias que interferem na regulação do apetite, que aumentam a inflamação corporal e o risco de doenças cardiovasculares e diabetes. A perda dessa gordura, mesmo em quantidades pequenas (5 a 10% do peso atual), é capaz de melhorar seu perfil lipídico, diminuir a inflamação e o aparecimento de problemas de saúde e até aumentar a expectativa de vida.

3) Não faça dietas malucas. Todo mundo sabe disso, mas o fato é que na hora do desespero nos deixamos iludir por promessas milagrosas. O fato é que a manutenção da saúde e do peso não exige complicações. A dieta capaz de fornecer todos os nutrientes que precisamos é sempre aquela que fornece quantidades modestas de proteínas saudáveis, carboidratos complexos em quantidades pequenas e muitas frutas e vegetais (a OMS recomenda, pelo menos, 400 gramas ao dia).

4) Faça exercício. Este é o melhor remédio para todos os males, de depressão a câncer. Também reduz o ganho de peso, melhora a função cognitiva e a saúde cardiovascular. Não pare! Enjoou de caminhar? Comece a dançar? O horário está incompatível? Vá para a musculação. Cansou? Tente a natação. Está com preguiça? Faça yoga. Mas dê continuidade ao longo de toda a vida. 

5) Desligue a internet e a TV e durma. O reparo de uma boa noite de sono é fundamental para o bem estar, para a redução do estresse, para a diminuição das dores e até para a prevenção da obesidade. Crianças que passam muito tempo em frente à TV, jogando videogames ou navegando na internet dormem menos, tem um peso maior e um desempenho menor na escola. Adultos que não dormem são menos produtivos e mais irritáveis. Se você não consegue dormir tente a terapia cognitivo comportamental. A mesma vem sendo efetivamente usada no tratamento da insônia, do estresse, da compulsão alimentar e da depressão nos Estados Unidos.

6) Cuide-se sempre. Em vários momentos da vida somos responsáveis pelos cuidados dos outros, como quando temos em casa crianças, adultos ou idosos com alguma doença. Porém, se não prestamos atenção em nossas necessidades acabamos nos estressando e adoecendo também. Reserve um tempo para você, para se exercitar, comer de forma saudável e, principalmente, parar e respirar.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!