Mindful eating e meditação

Confesso que meus clientes ficam surpresos quando indico que iniciem uma prática de meditação. Não precisa ser muito, 5 a 10 minutos ao dia já reduzem a ansiedade, relaxam e ajudam a diminuir a compulsão alimentar. E não é difícil começar. Basta sentar e observar a respiração entrando e saindo do corpo. Só isso mesmo. E você não precisa estar em uma caverna nos Himalaias, em posição de lótus. Você pode fazer isso sentado em uma cadeira ou no sofá, no banco do ônibus ou do metrô, em pé na fila do banco ou do supermercado.

Durante o dia todo outra práticas podem ser aos poucos incorporadas. Por exemplo, eu gosto de escovar os dentes ou pentear os cabelos com minha mão não dominante. Assim, já começo o dia prestando atenção ao que estou fazendo. Também gosto de praticar yoga. E para quem come rápido demais, pousar o garfo no prato, observar as mastigações, o sabor do alimento, seu aroma ajudam muito. Ensino mais sobre o assunto no curso de 8 semanas.

Hoje, grandes empresas ensinam práticas de atenção plena a seus funcionários, como Google, Target, Harvard e General Mills. Isto porque as práticas reduzem a ansiedade, melhoram a concentração, aumentam a produtividade. Para quem quer perder peso, a prática de mindful eating (comer consciente) é muito benéfica pois reduz a compusão alimentar. Também é um tratamento coadjuvante para a depressão, para a hipertensão, para traumas e para a dor crônica.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!