Lactobacilos protegem intestino contra o glúten

São várias as desordens relacionadas ao glúten como a doença celíaca (intolerância), a alergia e a sensibilidade aumentada (Sapone et al., 2012Czaja-Bulsa, 2015). Na doença celíaca a exclusão do glúten é o único tratamento e é indispensável para reduzir o risco de má absorção, inflamação intestinal e neoplasias. Na alergia e na sensibilidade também é indicada a exclusão do glúten para melhorar o conforto gastrointestinal e reduzir a inflamação sistêmica. 

Quando o glúten não é removido da alimentação a permeabilidade intestinal aumenta, assim como o ganho de peso, a hiperinsulinemia e o risco de esteatose hepática e diabetes. Revisão publicada em 2015 mostrou que a microbiota saudável é uma importante protetora intestinal, inclusive contra o glúten. Desta forma, sugere-se a suplementação de algumas cepas de lactobacilos (Verdu, Galipeau & Jabri, 2015).

Dr. Murilo Pereira, sugeriu, em palestra proferida no 3o meeting de nutrição estética, a suplementação de pelo menos 5 bilhões de bactérias, 2 vezes ao dia, para a correção da disbiose.

Fonte: palestra do Dr. Murilo Leite, maio 2016

Fonte: palestra do Dr. Murilo Leite, maio 2016

Para adequar a suplementação às suas necessidades procure um nutricionista.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!