Dieta rica em alimentos de origem animal aumenta risco de doenças coronarianas

Artigo publicado na Nature Reviews Nephrology descreve mecanismo em que dietas ricas em gorduras, carnes e outros alimentos de origem animal elevam o risco de doenças crônicas e cardiometabólicas.

Tais alimentos são ricos em compostos que alteram a composição intestinal, aumentam a produção bacteriana de toxinas como a trimetilamina (TMA), a permeabilidade intestinal, a resistência a insulina, esteatose e inflamação do tecido adiposo.

A TMA chega ao fígado sendo convertida pela enzima flavina monooxigenase (FMO) em óxido de trimetilamina (TMAO). O TMAO aumenta danos cardiovasculares e renais.

Para reverter essa cascata bioquímica é importante reduzir o consumo de gorduras ruins, de alimentos de origem animal e cuidar do intestino (tratar a disbiose).

Saiba mais:

+ Carne vermelha aumenta o risco de câncer

+ Carnes processadas aumentam o risco de câncer

+ Carnes embutidas e doenças

+  Carne vermelha e mortalidade

+ Carne vermelha e câncer de cólon

+ Carne vermelha e Alzheimer

+ Benefícios da dieta baseada em plantas

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!