Cuidado com o consumo excessivo de sal

O consumo excessivo de sal está associado à maior pressão arterial sanguínea, maior risco cardiovascular (Dickinson, Jennifer e Keogh, 20092014Dishy et al., 2003DuPont et al., 2013Suckling et al., 2012), aumento do risco de osteoporose, pedras nos rins, úlceras e câncer de estômago(Wang, Terry e Yan, 2009). Para reduzir o consumo é necessário evitar o uso do saleiro, usar outros temperos (alecrim, açafrão, alho, cebola, sálvia, manjericão, pimenta, orégano, gengibre, salsinha, cebolinha, coentro, estragão, hortelã, louro e tomilho).

Além disso, é fundamental reduzir o consumo de alimentos industrializados pois estes escondem muito sal, inclusive em alimentos de sabor mais doce como refrigerantes, bolachas, bolos e extrato de tomate.

O corpo até tenta eliminar o sal. Mesmo assim, quanto maior essa eliminação maior o risco de doenças. Ou seja, os rins nos ajudam mas devemos também ajudá-los.

Cook et al., 2014 - http://circ.ahajournals.org/content/129/9/981.figures-only

Cook et al., 2014 - http://circ.ahajournals.org/content/129/9/981.figures-only

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.