Efeito do índice glicêmico na saúde

Mais de 50% dos brasileiros adultos estão acima do peso. Uma das causas é o alto consumo de alimentos industrializados como bolos, tortas, doces, pães... Estes alimentos contém grandes quantidades de carboidratos simples, que podem estar presentes no rótulo com nomes como glicose, frutose, sacarose, dextrose, maltodextrina... Estes açúcares são rapidamente digeridos e absorvidos, quando caem na corrente sanguínea estimulam a liberação de insulina, hormônio que permite a entrada de nutrientes nas células. Quando estes nutrientes estão disponíveis em altas quantidades são transformados e armazenados como gordura. 

A alta produção de insulina ainda pode gerar hipoglicemia reativa, compulsão alimentar, inflamação resistência à insulina e aumento do risco de diabetes e esteatose hepático. Dê preferência à alimentos e receitas com baixo índice glicêmico como farelo de aveia, feijão, soja, ervilha, grão de bico, mirtilo, amora, morango, mação, pera, laranja, melão, cogumelos, pepino, cebola, pimentão, tomate, abobrinha, brócolis, couve flor, ameixa, castanhas, sementes, amendoim, azeitona, palmito, humus, iogurte, leite, acerola, cereja, batata doce, jabuticaba, limão, romã.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!