Meninas que consomem mais frutas na adolescência possuem um menor risco de câncer de mama na fase adulta

Dois estudos publicados este ano mostram a importância dos bons hábitos alimentares ao longo da vida. O primeiro artigo mostra que o consumo de frutas na adolescência está associado a um risco 25% menor de câncer de mama. Já o consumo de sucos não teve o mesmo efeito positivo na redução da incidência da doença. Um dos motivos é o menor teor de fibras nos sucos em relação às frutas. As fibras melhoram o funcionamento a intestinal, tratam a disbiose (desequilíbrio entre bactérias boas e ruins no trato digestório) e reduzem a inflamação do organismo.

O segundo artigo mostrou que o aumento no consumo de álcool aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de mama em aproximadamente 30%. Apesar do consumo de álcool em pequena quantidade poder ter algum efeito protetor cardíaco, mulheres com histórico familiar de câncer de mama devem ser cautelosas.

Se quiser conhecer mais sobre as propriedades dos alimentos faça o curso online Alimentos Funcionais. O mesmo é perfeito para os que querem aprender mais sobre as propriedades dos alimentos e o impacto dos mesmos na saúde e na prevenção de doenças.

Conheça mais sobre soja, tomate, berinjela, brócolis, mel, açafrão, chá verde, maçã, mirtilo, açaí, dentre tantos outros alimentos. Conversaremos também sobre nutrientes e não nutrientes que podem ser destacados nos rótulos dos alimentos por seu potencial benefício à saúde, incluindo ácidos graxos, carotenóides, fibras e probióticos.

Referências:

  1. Maryam S Farvid, Wendy Y Chen, Karin B Michels, Eunyoung Cho, Walter C Willett, A Heather Eliassen. Fruit and vegetable consumption in adolescence and early adulthood and risk of breast cancer: population based cohort studyBMJ, 2016; i2343 DOI: 10.1136/bmj.i2343
  2. Marie K Dam, Ulla A Hvidtfeldt, Anne Tjønneland, Kim Overvad, Morten Grønbæk, Janne S Tolstrup. Five year change in alcohol intake and risk of breast cancer and coronary heart disease among postmenopausal women: prospective cohort studyBMJ, 2016; i2314 DOI: 10.1136/bmj.i2314
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!