Desafio da semana: beber mais água

Desde que voltei a morar em Brasília, no meio de julho, venho sofrendo com a baixa umidade do ar. Parece que daqui para frente vai melhorar. Mesmo assim, estou sempre com sede. De fato, hoje fiz uma bioimpedância e o aparelho comprovou: estou super desidratada. Meu percentual de água corporal está 52,2% (compatível com o nível de hidratação de idosos). Então o desafio da semana para mim e todos que moram aqui no centro-oeste é beber ainda mais água. 

Todas as células do corpo dependem da água para seu adequado funcionamento. A desidratação prejudica o organismo e aumenta o cansaço, a sonolência, a irritação, deixa a pele ressecada, aumenta as rugas e pode gerar dor de cabeça, mal estar e prisão de ventre. Também pode acelerar batimentos cardíacos e deixar a respiração mais rápida.

A hidratação pode ser feita com água, chás, água de coco, frutas e verduras ricas em água. Capriche aí. Eu vou caprichar aqui!

Obs: a hiperglicemia e o diabetes também desidratam. Faça exames periódicos e verifique se está tudo ok.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags