Kiwi melhora a imunidade

A deficiência de nutrientes como vitaminas A, C, E, B6, B9, B12, ferro, zinco e cobre impacta negativamente o sistema imune e aumenta a susceptibilidade a infecções e doenças crônicas. O kiwi é uma fruta de origem que vem sendo estudado para reduzir esta susceptibilidade. Foi demonstrado que o consumo regular de kiwi diminui a duração e a severidade de gripes, resfriados e da dor de garganta em idosos, adultos e crianças.

Contudo, é importante destacar que muitas crianças são alérgicas ao kiwi e outras frutas cítricas, podendo desencadear sintomas como edema, rinite e conjuntite. Até o momento foram identificados 13 substâncias alergênicas na fruta. Por isso, a mesma não deve ser oferecida a bebês até o primeiro ano de vida.

Do ponto de vista nutricional, a variedade de kiwi Actinidia  arguta parece ser mais rica em substâncias protetoras, como polifenóis, flavonóides, flavonóis, taninos, vitamina C, luteína, zeaxantina e fibras do que outras variedades (Actinidia deliciosa e Actinidia eriantha). 

Clicando nos links você terá acesso aos estudos originais.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.