Carne vermelha aumenta o risco de câncer

No-Steak.jpg

A associação entre o consumo de carne vermelha e câncer é bem conhecida. Agora, um dos mecanismos foi desvendado. De acordo com estudo publicado em setembro de 2014 a carne vermelha é rica no ácido  N-glicolilneuramínico (Neu5Gc) que leva à produção de anticorpos e inflamação. Estes dois juntos levam, com o passar dos anos ao aparecimento de carcinomas. Estuda-se se este é um dos possíveis mecanismos que ligam o consumo de carne vermelha a outras doenças como diabetes e aterosclerose. 

O estudo de 2015 mais recente sobre o assunto foi publicado no JAMA, uma das revistas científicas mais prestigiadas do mundo. Segundo os autores a dieta vegetariana está associada a menor risco de câncer-colorretal. Dentre as carnes a menos prejudicial é a dos peixes. 

Leia mais sobre este assunto aqui.

 
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!