Obesidade nos países que compõem a OECD

A OECD (Organisation for Economic Co-operation and Development) é uma organização europeia criada em 1948 com o objetivo de promover a cooperação econômica entre países membros. Atualmente fazem parte da OECD 34 países, tanto da Europa quanto de outros continentes. Estudo publicado esta semana mostra que a obesidade continua crescendo nos países membros. Inglaterra, Itália, Coréia e os Estados Unidos conseguiram praticamente estabilizar o crescimento, enquanto Austrália, França, México, Espanha e Suíça tiveram um crescimento de 2 a 3%. obesity chart

O relatório completo pode ser consultado no site da OECD. De acordo com o mesmo, uma em cada cinco crianças, em média, está acima do peso nos países membros, sendo que na Grécia, Itália, Eslovênia e Estados Unidos o problema é ainda maior.

A obesidade e o sobrepeso parece ser um problema maior em famílias com menor renda, as quais substituem alimentos saudáveis por outros mais baratos e ricos em calorias. Já no México e nos EUA o excesso de peso independe da renda.

No Brasil, país que não faz parte da OECD pesquisa recente também mostra um alto percentual de indivíduos acima do peso: 47,4% em mulheres e 54,7% em homens adultos. Aqui, quanto menor a escolaridade e a renda maior a chance de obesidade (Brasil, 2013).

A informação, o aumento da renda, a reeducação alimentar e a atividade regular são fundamentais para o combate ao excesso de peso e doenças associadas, como as cardiovasculares e o diabetes.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!