Glutamina e atividade física

Adquiri esta semana o livro Suplementação Esportiva - auxílios ergogênicos nutricionais no esporte e exercício, dos docentes. Tácito Pessoa e Benedito Pereira. Recebi ontem pelo correio e tenho andado com ele embaixo do braço. Gostei muito do conteúdo e da organização. Vou resumir o tópico sobre a glutamina, suplemento muito utilizado por praticantes de atividade física e atletas.

A glutamina é um aminoácido que tem como origem o tecido muscular. Desempenha importantes funções no metabolismo de processos biológicos importantes, tais como a função imune, a atividade neurológica, síntese de glicogênio (reserva de carboidrato) e ureia (para eliminação da amônia, que é tóxica), equilíbrio do pH sanguíneo, além de crescimento muscular. Também é a principal fonte de energia de células de multiplicação rápida, como as presentes no intestino e no sistema imune.

Durante exercícios prolongados ou treinos exaustivos, sem períodos de recuperação adequados, a produção e liberação da glutamina fica prejudicada e o risco de infecções aumenta. Por isto, a suplementação de 5 gramas de glutamina ao dia (diluída em água), até 2 horas após treino ou competição é muito praticada por maratonistas, ultramaratonistas e remadores.

Existem poucos estudos com praticantes de exercício de força, área que ainda precisa ser mais explorada. Além disso, a suplementação deve ser bem orientada por profissional competente>

Mais: Mulheres, não abusem da glutamina!

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!