Ministério da saúde lança suplemento infantil

A alimentação nos primeiros anos de vida é fundamental para o ótimo crescimento e desenvolvimento. Estudos mostram que a carência de ferro, zinco, vitamina A, entre outros nutrientes essenciais gera problemas como enfraquecimento do sistema imunológico, anemia,desnutrição, doenças infecciosas e respiratórias.

Com o objetivo de potencializar o pleno desenvolvimento infantil, a prevenção e o controle das deficiências de vitaminas e minerais na infância, o Ministério da Saúde lançou neste mês o programa NutriSUS - Estratégia de fortificação da alimentação infantil com micronutrientes (vitaminas e minerais) em pó. A coordenadora geral de Alimentação e Nutrição (CGAN) do Ministério da Saúde, Patrícia Jaime, explica que serão distribuídos, a partir de agosto, sachês com 15 micronutrientes na alimentação de crianças de seis meses a 3 anos e 11 meses matriculadas em creches participantes do Programa Saúde na Escola (PSE). O suplemento será adicionado à própria comida da criança, em escolas e creches.

Esse tipo de estratégia já foi amplamente estudada e é implementada com sucesso em diferentes continentes. Aproximadamente 50 países usam essa estratégia ou estão em fase de implementação. Aqui, a ação integra o programa Brasil Carinhoso, que compõe o Plano Brasil Sem Miséria do governo federal.

Composição dos sachês de micronutrientes utilizados no NutriSUS:

123324.jpg
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!