Efeito dos alimentos e componentes químicos no equilíbrio corporal

Alimentos que acidificam demais o organismo geram mecanismo de compensação que, cronicamente, podem levar a problemas como osteoporose, dano cardiovascular, ganho excessivo de peso, exaustão, enxaqueca, caibras, problemas de pele, dentre outros. O ideal é que o cardápio seja composto por 60% de alimentos com efeito alcalino e apenas 40% com alimentos com efeito ácido. Veja que o efeito do alimento após entrar no corpo não é relacionado com o Ph do próprio alimento. Por exemplo, o limão é um alimento ácido, com Ph baixo mas seu efeito após absorção é alcalinizante já que  possui vitaminas e minerais que equilibram o organismo.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags