Açafrão da terra no tratamento de pacientes soropositivos

Produtos naturais e extratos vegetais são importantes fonte de pesquisa na área de medicamentos. Compostos como o campferol, geraniol e taninos tem sido estudados como agentes capazes de inibir a transcriptase reversa, enzima capaz de copiar o material genético do vírus HIV. Um outro composto bastante estudado neste sentido é a curcumina, flavonóide presente no açafrão da terra. Vários estudos tem demonstrado a superioridade deste composto fenólico no tratamento de doenças como artrite reumatóide, nefrite lúpica e outras condições inflamatórias, aliviando os sintomas de forma similiar ou maior que medicamentos consagrados e sem seus efeitos colaterais. Sua ação decorre de sua capacidade em inibir citocinas inflamatórias tais quais  IL-1beta, IL-6, IL-12, TNF-alfa e IFN-y, assim como as vias JAK-STAT, AP-1, e NF-kappaB. Estudos tem demonstrado que o uso da cúrcuma pode melhorar a memória espacial e prevenir ou tratar a demência associada à infeção pelo vírus HIV, além de suprimir vias ligadas à multiplicação do vírus. Por ser hidrossolúvel, a biodisponibilidade da curcumina não é das melhores mas pode ser melhorada associando-a ao pipper nigrum. Estes suplementos não são baratos porém você pode incrementar o consumo adicionando mais açafrão e pimenta-do-reino à sua alimentação.

Da série: as coisas que a indústria farmacêutica esconde de você. Um estudo demonstrou que o remédio para dor paracetamol (Tylenol), também pode tornar as pessoas insensíveis às emoções. Em experimento, publicado na revista científica “Psychological Science”, 85 pessoas tomaram 1.100 miligramas de Tylenol ou um placebo. Uma hora depois, os pesquisadores apresentaram a eles 40 imagens em ordem aleatória. As imagens eram muito agradáveis (por exemplo, crianças rindo com gatinhos em um parque), neutras (um rolo de macarrão em cima de uma mesa) ou muito desagradáveis (um vaso sanitário cheio de excrementos). O Tylenol reduz a dor agindo na ínsula, parte do cérebro que influencia nas emoções sociais, entre outras funções. Com o seu uso as pessoas ficaram mais insensíveis, tanto às imagens negativas quanto às positivas. Se você quer reduzir a dor sem afetar suas habilidades sociais e sua capacidade de sentir emoções, troque o remédio pelo açafrão (cúrcuma longa). A raiz reduz dores articulares, dores associadas à doenças inflamatórias e até câncer. Em outro estudo a curcumina (composto bioativo do açafrão) foi capaz de inibir a ciclooxigenase (COX) mais do que outros medicamentos poderosos como indometacina. O açafrão também possui atividade antioxidante, antiviral, antibacteriana e antifúngica. Volte para a natureza! Adicione às suas preparações (omelete, sopa, feijão…) diariamente.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!