Efeito da frutose (e dos refrigerantes) no nosso organismo

Estou testando uma técnica de screencast ou capitura de tela para gravação de aulas. Ainda estou meio insegura pois não sei se falo, se olho pra tela, se movimento o cursor, mas achei interessante: http://www.educreations.com/lesson/view/frutose/1223492/?ref=link Quanto à aula: lembre-se que consumir refrigerante cheio de frutose não é igual a consumir uma laranja, que também contém frutose. Isto porque na laranja esta frutose está em pequena quantidade e ainda misturada à fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos. Estudos mostram também que pequenas quantidades de frutose (<50 gramas/dia) não tem efeito deletério à saúde. Já alimentos como refrigerantes, doces, bolos, tortas, biscoitos não vem junto com nutrientes saudáveis e costumam ter em pequenas porções quantidades excessivas de sacarose, frutose ou xarope de frutose, os quais conduzem a doenças importantes, como as mostradas no vídeo.

Além disso a frutose e o excesso de calorias também pode piorar a função cognitiva (Stranahan et al., 2008)

Saiba mais sobre os malefícios dos refrigerantes aqui.

Artigo recomendado:

Lustig (2013). Fructose: it's "alcohol without the buzz". Advances in Nutrition. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3649103/

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!