Não dá para ser de outra forma

Artigo publico no dia 10/04/2012 no American Journal of Preventive Medicine evidenciou, mais uma vez, que não existe  receita mágica para a perda de peso. A pesquisa acompanhou mais de 4.000 pessoas e mostrou que as pessoas que conseguiram reduzir mais o peso e o percentual de gordura foram aquelas que fizeram atividade física regular e alimentaram-se de forma saudável durante o ano todo, consumindo menos gordura e alimentos industrializados. Já as que preferiram seguir o caminho "mais fácil", utilizando shakes ou suplementos emagrecedores, fizeram dietas malucas/da moda ou pularam refeições perderam menos peso. Ou seja, reeducação alimentar, acompanhamento com profissionais de saúde especialistas na área e atividade física são fundamentais para a perda de peso e melhoria da saúde a longo prazo.

O estudo é importante e mostra que pequenos e constantes passos são fundamentais, principalmente neste momento em que o Brasil bateu recorde histórico em número de pessoas com sobrepeso e obesidade. Dados do Ministério da Saúde publicados esta semana apontaram que mais da metade da população encontra-se acima do peso. Uma das causas é a péssima qualidade da dieta, com consumo insuficiente de frutas e hortaliças e e o alto consumo de gorduras e refrigerantes. Além disso, o estudo apontou que o número de brasileiros sedentários, apesar de ter diminuído ainda é alto. Falta de tempo? Não: mais de 25% dos brasileiros passam mais de 3 horas ao dia em frente a TV.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!