Ácidos graxos ômega-3

Ácidos graxos ômega-3 são aqueles cuja primeira dupla ligação encontra-se no terceiro carbono a partir da extremidade metil (CH3). Estes compostos apresentam efeitos benéficos à saúde, incluindo propriedades antiinflamatórias, antiarrítmicas e antitrombóticas. Peixes de água fria e salgada contém boas quantidades de EPA e DHA (responsáveis pela redução de risco cardiovascular) e alguns alimentos de origem vegetal, como a semente de linhaça, são fontes de ALA. Porém a conversão de ALA em EPA e DHA é pouco eficiente (aproximadamente 1%). Para atingir a recomendação semanal de ômega-3, consuma duas porções de peixe por semana.

Sabia que o açafrão pode aumentar a produção de DHA? É o que mostra um estudo publicado em 2015.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!