Ameixas secas reduzem o risco de osteoporose

Artigo publicado no British Journal of Nutrition, mostrou que o consumo de ameixas secas reduz o risco de osteoporose em mulheres na pós menopausa. Na verdade, todas as frutas e verduras possuem um efeito positivo na proteção da massa óssea. Por isto, a alimentação torna-se muito importante já que após a menopausa a diminuição da massa óssea é de 3 a 5% por ano. Apesar de mulheres apresentarem maiores taxas de perda óssea em fases avançadas da vida, homens não estão livres do problema. O importante é começar a prevenção o quanto antes afim de diminuir o risco de fraturas.

No estudo em questão, 55 mulheres foram instruídas a consumirem 100 gramas de ameixas secas (cerca de 10 unidades) ao dia, enquanto um segundo grupo de mulheres consumiu a mesma quantidade de maçã desidratada. Todas as participantes do estudo também foram suplementadas com 500mg de cálcio e 400UI de vitamina D. O grupo que consumiu as ameixas secas tinha uma massa óssea mais densa. De acordo com os autores, isto aconteceu pois as ameixas tem a capacidade de suprimir a reabsorção óssea, que já é naturalmente maior que a deposição de cálcio nos ossos dos idosos.

Referência: Shirin Hooshmand, Sheau C. Chai, Raz L. Saadat, Mark E. Payton, Kenneth Brummel-Smith, Bahram H. Arjmandi.Comparative effects of dried plum and dried apple on bone in postmenopausal womenBritish Journal of Nutrition, 2011.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!