Café: mocinho ou bandido?

Não existe um só alimento que seja consenso no mundo da nutrição. Isto porque as pessoas não possuem os mesmos gostos, hábitos e genética. o café, por exemplo, é um alimento controverso. Quantidades excessivas aumentam o risco de nervosismo, sudorese, tremores e palpitações cardíacas, irritação cardíaca, úlceras, refluxo ácido e síndrome do intestino irritável. Também diminui a absorção do cálcio eafeta a qualidade do sono.

Porém, novo estudo publicado no Journal of Physical Chemistry B, mostrou que a cafeína possui propriedades antioxidantes, diminuindo a quantidade de radicais livres circulantes (veja figura ao lado).

Mas atenção: estudos apontam que gestantes devem passar longe do café e outras bebidas cafeinadas. E se você está amamentando cuidado com o café, pois ele pode aumentar as cólicas do bebê.

E mais: um pouquinho de café (1 a 2 xícaras) pode reduzir o risco de doenças do coração, mas o mesmo não se aplica com doses aumentadas.

Além disso, outro estudo mostrou que o café pode aumentar a absorção de glicose, por isto diabéticos e intolerantes a glicose deveriam reduzir o consumo: http://dicasdanutricionista.com.br/2008/05/23/cafe-aumenta-a-absorcao-de-glicose-2/

E se você tem o colesterol aumentado evite o café expresso, ingerindo apenas o café filtrado.

Ouça ao podcast sobre os prós e contras do consumo do café clicando aqui.

Está precisando de ajuda? Marque uma sessão de coaching enviando uma mensagem! 

 

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags ,