Adoção de dieta vegetariana por 21 dias diminui inflamação

Novo estudo mostrou que a dieta vegetariana é muito benéfica para reduzir a inflamação. Durante 21 dias, 43 indivíduos adultos de ambos os sexos, seguiram dieta com quantidades livres de frutas, hortaliças, cereais integrais, castanhas, sementes e azeite.  Tais alimentos contém baixíssimas quantidades de gorduras saturadas e grandes quantidades de fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos antioxidantes. Dietas com tais características diminuem o estresse oxidativo e melhoram a função endotelial dos vasos, o que previne doenças como o diabetes e o infarto do miocárdio. Após o período proposto a média de perda de peso por pessoa foi de 2,8 kg. O malondialdeído, um marcador de estresse oxidativo também diminuiu e a produção de óxido nítrico aumentou. O óxido nítrico é um vasodilatador, capaz de reduzir a pressão arterial e proteger o corpo contra doenças cardiovasculares. 

A dieta vegetariana pode ser saudável, completa e benéfica para as pessoas, os animais e o meio ambiente. Contudo, muitas pessoas sentem dificuldade na transição da dieta onívora para a dieta vegetariana.

Também possuem muitas dúvidas acerca da combinação dos alimentos e da necessidade de suplementação. Neste curso 100% online o papel dos nutrientes são discutidos, assim como a forma de atingir a recomendação dos mesmos e preservar a saúde. Saiba mais assistindo ao vídeo:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!