Proteína melhora a recuperação de ciclistas

Estudo, publicado no Medicine & Science in Sports & Exercise®, examinou os efeitos do consumo de proteína na atividade de endurance. Durante a pesquisa de 2 semanas, 8 ciclistas treinados, foram divididos em grupo que realizaram treinamentos normais, intensivos e de recuperação. Alguns receberam dieta com 1,5g de proteína por quilo  e outros 3,0 gramas de proteína por quilo de peso. Os atletas que consumiram mais proteínas tiveram recuperação mais rápida e menos estresse devido às quantidades maiores do aminoácido tirosina. Mais pesquisas precisarão ser conduzidas visto que outros estudos já demonstraram que quantidades de proteína superiores a 2,0 gramas de proteína por quilo por dia não traria benefícios adicionais mesmo a atletas bem treinados. É esperar para ver.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!