Doença celíaca e problemas da tireóide andam juntos

Estudos mostram uma grande conexão entre a doença celíaca e doenças antoimunes da tireóide como a síndrome de Hashimoto e a doença de Graves.

Apesar da conexão nem sempre o diagnóstico é fácil. O problema é que quando um paciente celíaco consome glúten, um processo autoimune é desencadeado e o corpo passa a atacar as vilosidades intestinais o que leva à problemas de absorção e má nutricão. Quando o alvo do ataque é a tireóide, a glândula passa a produzir seus hormônios de forma insuficiente (o que leva à síndrome de Hashimoto e depois ao hipotireoidismo) ou de forma excessiva (como na doença de Graves). A doença celíaca tem como principais sintomas diarréia frequente, perda de peso, produção excessiva de gases, perda de peso e dor abdominal. Tais sintomas são mais frequentes em crianças. Já 70% dos indivíduos mais velhos não apresentam estes sintomas daí a grande dificuldade de diagnóstico da doença. Nestes, o cansaço físico, mudanças frequentes de peso, intestino irritável e até depressão são mais comuns. Além disso, estima-se que metade dos pacientes celíacos também tenha problemas de tireóide.

O interessante é que ao seguir uma dieta sem glúten os pacientes não só tem seus anticorpos relacionados à doença celíaca diminuídos mas também os anticorpos contra a tireóide também diminuem. Estudo publicado no Journal of Pediatrics este ano mostrou que 11 em cada 15 crianças celíacas com elevados níveis de hormônio tireoestimulante no momento do diagnóstico, tiveram seus níveis normalizados após 12 a 18 meses de dieta sem glúten. Tais correlações fazem muitos pesquisadores renomados sugerirem a retirada completa do glúten da dieta quando os problemas da tireóide começam a surgir, mesmo que a doença celíaca não tenha sido diagnosticada já que a maioria dos pacientes se sentem bem melhor, menos cansados e conseguem estabilizar o peso.  

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!