Carotenóides contra o câncer

Um componente comum das doenças crônicas - como o câncer e as doenças cardiovasculares - é o dano causado pelos radicais livres ao nosso DNA, às proteínas e às gorduras presentes nas células. Os carotenóides, como o beta-caroteno, o alfa-caroteno e o licopeno, atuam como antioxidantes que protegem todas estas estruturas, contrabalançando os danos. O benefício da suplementação de carotenóides é muito controverso por isto o ideal é melhorar o consumo de frutas e verduras amarelas, alaranjadas e vermelhas. Em um estudo realizado com 15.318 adultos e publicado este mês, o risco de morte era muito menor naqueles com maiores níveis sanguíneos de alfa-caroteno. Alfa e beta caroteno são similares estruturalmente porém o carotenóide do tipo alfa parece mais eficiente na inibição do câncer, especialmente no cérebro, fígado, pulmão e pele. Alimentos com conteúdo interessante de alfa e beta carotenos incluiem cenouras, batata doce, abóbora, brócolis, feijão verde, espinafre e outros folhosos, em geral.

Para saber mais: Chaoyang Li, MD, PhD; Earl S. Ford, MD, MPH; Guixiang Zhao, MD, PhD; Lina S. Balluz, MPH, ScD; Wayne H. Giles, MD, MS; Simin Liu, MD, ScD. Serum {alpha}-Carotene Concentrations and Risk of Death Among US Adults The Third National Health and Nutrition Examination Survey Follow-up StudyArch Intern Med., November 22, 2010.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!