Bebês de mulheres que fizeram cirurgia bariátrica na adolescência estão em maior risco de nascer com defeitos no tubo neural

Cientistas estão cada vez mais preocupados com um efeito adverso  da cirurgia bariátrica na adolescência. De acordo com as pesquisas a cirurgia resulta em má absorção tão severa de nutrientes, como o folato, que quando as garotas engravidam, em qualquer momento da vida, o risco de defeitos no tubo neural

dos bebês é enorme. A espinha bífida (quando a espinha fetal não se fecha completamente no primeiro mês de gravidez) e a anencefalia (quando grande parte do cérebro não se desenvolve) são os problemas mais comuns. 

Nos EUA já foram relatados 7 casos de defeitos do tubo neural nos bebês de mulheres que fizeram a cirurgia na adolescência. Desconheço os dados de acompanhamento destas pacientes no Brasil.

Enfim, a indicação cirúrgica deve ser sempre muito bem avaliada. Além disso, caso a cirurgia seja opção é muito importante que o paciente se comprometa com o tratamento nutricional e com a suplementação que deverá ser seguida por toda a vida. 

Estudo: Katrine M. Lofberg, Diana L. Farmer, Elizabeth A. Gress, Robert H. Lustig, and Melvin B. Heyman. "Neural Tube Defects: An Unforseen Consequence of Gastric Bypass Surgery in Young Female Patients?". American Academy of Pediatrics, National Conference and Exhibition, Sunday, 3 October 2010, Abstract No 11611.

Saiba mais ouvindo ao podcast 62 sobre cirurgia bariátrica

Leia mais sobre a importância dos nutrientes na gestação

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.