Fitoquímicos reduzem inflamação e risco de doenças

Compostos naturais das plantas (fitoquímicos) são fundamentais para a diminuição da inflamação crônica no organismo. É sabido que a inflamação aumenta o risco de doenças como  câncer, doenças cardiovasculares, resistência à insulina, diabetes, artrite, artrose, Alzhemer dentre outras.  Um novo estudo mostra como 6 destes compostos - luteolina (chá de camomila, pimentão verde), quercetina (maçãs, cebola), crisina (maracujá), eriodicitol, hesperetina e naringenina (estas três encontradas nas laranjas, limão e outras frutas cítricas) atuam como agentes antiinflamatórios. Estes 6 fitoquímicos conseguem atuar na enzima TBK1 inibindo a habilidade da mesma sinalizar a inflamação. Dentre eles, parece que a luteolina é o principal inibidor do TBK1. 

O ácido elágico dos morangos também parece ter o mesmo efeito.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!