"Colesterol bom" em excesso faz mal?

Se você é daqueles que faz de tudo para diminuir o LDL e aumentar o HDL, cuidado pois dietas que focam muito no aumento do HDL podem também ser prejudiciais. Tudo bem, alimentos como castanhas, abacate, linhaça, óleo de oliva, peixes podem sim ser saudáveis (e para a maioria das pessoas são). Porém, indivíduos com polimorfismos do TaqIB podem estar em maior risco quando tem HDL elevado associado à proteína C-reativa (um marcador inflamatório) elevada. O estudo publicado no Arterioscler Thromb Vasc Biol no dia 11/05/10, mostrou os resultados do acompanhamento de 767 pacientes que já haviam tido um ataque cardíaco, por dois anos. Dentre os mesmos, aqueles que estavam com HDL e ptn C-reativa aumentados tinham um risco maior de complicações cardíacas em um período de 26 meses. Ainda, pacientes TaqIB possuem menor atividade da CETP (proteína de transferência dos ésteres de colesterol), que aumenta o HDL-c. Enquanto pesquisadores e farmacêuticos se desdobram para entender mais sobre o assunto e para testar drogas que minimizem o efeito do polimorfismo adote uma dieta antiinflamatória, que mantenha os níveis de proteína C-reativa sob controle, aumentando o consumo de frutas e verduras, chás, fibras, com menos sal, açúcares, álcool, gordura saturada e trans.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!