Alimentos embalados em latas e plásticos podem trazer prejuízo ao desenvolvimento dos bebês

Metal_Products_for_Food_Packaging.jpg

Estudo do grupo americano para mercados seguros adverte que gestantes devem limitar a ingestão de alimentos e bebidas acondicionados em embalagens metálicas contém o composto bisfenol A, um desruptor endócrino por ser parecido com o hormônio estrogênio. O BPA também está presente em embalagens plásticas que podem migrar para o alimento. De acordo com o estudo o BPA não é considerado 100% seguro e pode impactar negativamente o desenvolvimento do cérebro do feto, seu comportamento e desenvolvimento da próstata (no caso de meninos). O grupo mostrou que 92% das latas de metal são contaminadas com BPA. Por isto, gestantes e lactantes devem ter uma alimentação o mais natural possível, sem enlatados, embutidos, encaixotados... Se quiser entender mais sobre o assunto e o impacto do bisfenol na saúde leia as pesquisas anteriores clicando aqui.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.