Por que as pimentas ajudam no emagrecimento?

As pesquisas comprovam que o uso da pimenta vermelha durante às refeições, proporciona ação no Sistema Nervoso Simpático estimulando o aumento da liberação das catecolaminas noradrenalina e adrenalina, que promovem diminuição do apetite e da ingestão de calorias, proteínas e gorduras nas refeições seguintes.

A Adrenalina e a noradrenalina também são responsáveis pelo estado de alerta, daí a ingestão de pimenta estar também associada à melhora do ânimo. Os efeitos são tantos, que pesquisadores da Universidade de Oklahoma trabalham em um suplemento a base de capsaicina, a substância nas pimentas responsável por estes efeitos, inclusive com a inibição do crescimento de células de gordura. O problema maior é que 1 colher de sopa de pimenta provavelmente não terá uma concentração suficiente de capsaicina por isto o uso deve ser regular, em várias refeições.

Mas atenção: se você tem qualquer problema no trato digestório como gastrite, úlcera ou hemorróida, este não é um alimento apropriado já que a capsaicina pode agredir ainda mais estas mucosas.

Trabalho com consultorias, treinamentos e cursos online. Saiba mais aqui.

Para os que desejam emagrecer sugiro a consultoria ou a combinação dos seguintes cursos: autocoaching com os cursos de reprogramação emocional e alimentação consciente.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!