Controle de peso na adolescência

Estudos recentes mostram que 70% dos adolescentes obesos se tornam adultos obesos. Afim de diminuir este percentual muitas pesquisas vem sendo feito a respeito das melhores estratégias para reduzir o excesso de peso na juventude. Em publicação deste mês da associação americana de nutricionistas, 130 adolescentes obesos foram divididos em 4 grupos de acordo com seus hábitos recentes em busca de um corpo mais magro.

- O primeiro grupo incluiu o grupo de adolescentes que consumiu menos calorias, se exercitou mais, diminuiu o consumo de fast food, alimentos ricos em gordura e refrigerantes, consumiu mais água, frutas e verduras, se pesavam com frequência.

- O segundo grupo incluiu os adolescentes que utilizavam laxativos, purgação (vômitos), diuréticos, fumavam ou jejuavam.

- O terceiro grupo foi o de indivíduos que utilizavam suplementos líquidos (shakes), dietas de proteína (Atkins).

- O quarto grupo tinha comportamentos estruturados como contar calorias, anotar os alimentos consumidos ou fazer acompanhamento com um profissional.

Os adolescentes que obtiveram sucesso no tratamento foram aqueles que praticaram atividade física, reduziram o consumo de refrigerantes, andaram mais ou subiram escadas e se pesavam. Em geral, os adolescentes que emagreceram mais foram aqueles que utilizaram uma combinação de 6 ou mais estratégias de controle de peso. O segundo e o terceiro grupos foram os que perderam menos peso. O grupo que perdeu mais peso foi o primeiro, seguido do quarto.

Ou seja, não existem soluções mágicas, e a velha fórmula com mais atividade física, mais frutas e verduras, menos gordura e alimentos pouco nutritivos é a que oferece maiores chances de sucesso.

O artigo “Weight control strategies of overweight adolescents who successfully lost weight”, dos nutricionistas Kerri N. Boutelle, Heather Libbey, Dianne Neumark-Sztainer, e Mary Story, foi publicado no Journal of the American Dietetic Association, Volume 109, n. 12 (dezembro 2009).

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!