Benzeno nos refrigerantes

Em maio falei aqui no site de uma pesquisa da Pró Teste que mostrava que os refrigerantes continham uma grande quantidade de benzeno, uma substância comprovadamente cancerígena. Passados dois meses nenhuma providência foi tomada nem pelos órgãos competentes, nem pelas empresas, que não negam a denúncia.

O problema é que como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão responsável pelo controle e fiscalização dos produtos e serviços que envolvam risco à saúde pública, não estabelece limites para a presença da substância em refrigerantes, nem ela nem o Ministério da Agricultura conseguiram ainda resolver o problema. Já as empresas fabricantes se limitam a dizer que obedecem à legislação brasileira.

Para mim o assunto é sério já que a população consome quantidades cada vez maiores de refrigerantes. Por isso, enquanto os órgãos responsáveis não tomam uma atitude faça você sua parte evitando estas bebidas, que não trazem absolutamente nenhum benefício à nossa saúde.

Refrigerantes também são ricos em frutose, a qual está envolvida na síndrome metabólica em adultos e crianças. 

Saiba mais sobre os malefícios dos refrigerantes aqui.

Artigo recomendado:

Lustig (2013). Fructose: it's "alcohol without the buzz". Advances in Nutrition. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3649103/

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!