Aumentando a produtividade à tarde

Se você trabalha em um escritório pode já ter notado que às 15h todo mundo fica mais lento, com mais sono ou até mais irritado. Isto é normal. Em primeiro lugar nosso relógio biológico faz com que passemos a produzir mais melatonina à tarde, afim de controlar a temperatura do corpo. A melatonina é um hormônio que induz o sono. Neste caso, trabalhar ou estudar em ambiente iluminados ajuda já que quanto mais escuro mais melatonina produzimos. Abra então as janelas e as cortinas e mão à obra, nada de estudar no quarto, deitado na cama! Além deste fator, os hábitos alimentares podem estar provocando esta falta de energia à tarde. Tome um café da manhã caprichado, seu corpo já ficou muito tempo sem energia enquanto você dormia.

Sair sem se alimentar e passar a manhã inteira tomando cafezinho não compensa o que seu corpo preciso e ainda fará você chegar faminto ao almoço. Comer muito na hora do almoço, principalmente alimentos ricos em carboidratos simples (arroz, batata, macarrão, doces) fará com que seu pâncreas produz grandes quantidades de insulina fazendo com que você tenha uma hipoglicemia de rebote (diminuição da quantidade de açúcar no sangue) entre 1 e 3 horas após o almoço. Ou seja, bem neste horário das 15h... Por isso, não pule o café da manhã, leve uma fruta para comer no intervalo e escolha os alimentos do almoço com mais sabedoria. Prefira os carboidratos complexos (arroz ou macarrão integral) ou mesmo pouco arroz branco adicionado de mais folhas e vegetais afim de aumentar o conteúdo de fibras da refeição.

Ajuda também colocar um pouquinho de azeite e escolher uma proteína magra para completar. Mastigue muito bem e evite os doces. Dessa forma, você se sentirá bem mais disposto à tarde. Carboidratos complexos levam mais tempo para serem digeridos, saciando mais e as proteínas aumentam a produção de dopamina e norepinefrina, compostos que nos deixam mais alertas e concentrados. Algumas pessoas ainda arranjam um tempinho para malhar na hora do almoço. Se você tem tempo e gosta de se exercitar moderadamente neste horário, estes 40 minutos podem ser uma boa estratégia para aumentar os seus níveis de energia já que o aumento do consumo de oxigênio durante a prática nos fazem sentir mais alertas. Além disso, durante a atividade produzimos adrenalina, um potente hormônio estimulante. Mas não vá se empanturrar depois ou morrerá de sono à tarde, de qualquer forma.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags