Deficiência de vitamina D em gestantes aumenta risco de infecções vaginais no período

Mulheres grávidas com baixos níveis de vitamina D estão mais susceptíveis a sofrer de infecções vaginais bacterianas, as quais aumentam o risco de partos prematuros.  De acordo com novos estudos a vitamina D pode desempenhar um papel na regulação da produção de moléculas com função antimicrobianas, as quis fortalecem o sistema imunológico e controlam as infecções bacterianas. Contudo, a deficiência de vitamina D na população tem se tornado mais comum com o passar dos anos. Desta forma, o acompanhamento nutricional das gestantes torna-se fundamental, beneficiando a saúde tanto da mãe quanto do bebê.

Fonte: Bodnar, Lisa M., Krohn, Marijane A., Simhan, Hyagriv N. Maternal Vitamin D Deficiency Is Associated with Bacterial Vaginosis in the First Trimester of Pregnancy. J. Nutr. 2009 139: 1157-1161.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!