Gengibre controla náuseas em pacientes em tratamento quimioterápico

O gengibre é uma planta originada da Ásia, que se espalhou pelo mundo devido tanto ao seu sabor picante ao forte quanto às suas propriedades medicinais. Por conter canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona, o gengibre tem sido utilizado pela medicina popular para o tratamento da inflamação, para o alívio da dor, e também das náuseas e vômitos, principalmente entre gestantes. Agora uma nova pesquisa realizada com pacientes com câncer, mostrou que o uso do gengibre foi capaz de reduzir as náuseas após a quimioterapia, em 40% da amostra. O tratamento quimioterápico é altamente agressivo e usualmente é acompanhado de diferentes efeitos colaterais (náuseas, vômitos, mal estar, imunossupressão e até infertilidade). As náuseas são muito comuns - até 70% dos pacientes relatam este sintoma - e de difícil controle, por isto estudos com medicamentos ou suplementos que as aliviem são muito benvindos. Os pesquisadores do centro médico da Universidade de Rochester, nos EUA, incluíram no estudo 644 pacientes em tratamento quimioterápico. O gengibre foi utilizado na forma de suplementos. Os compostos ativos do gengibre são absorvidos facilmente e demonstram ainda ação antiinflamatória, o que é altamente benéfico neste grupo de pacientes.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!