Posso comer ovo?

Esta é uma dúvida bem comum, volta e-mail recebo algum e-mail sobre este assunto. O legal é quem muitos estudos vem desmistificando este alimento que foi por décadas apregoado como o grande responsável pelo aumento de colesterol na população. Apesar de muitos estudos mostrarem que o que aumenta mesmo o colesterol sanguíneo é o alto consumo de gorduras saturadas e gorduras trans muita gente ainda fica com medo de consumir o alimento. O ovo é rico em colina, nutriente que evita a elevação da homocisteína, um dos marcadores de doença cardiovascular. Para ficar ainda mais protegido, adicione açafrão ao seus ovos. O açafrão previne a oxidação do colesterol e possui propriedades antiinflamatórias importantes.

Este mês mais um estudo de revisão publicado mostrou ainda que a proteína do ovo contribui para o ganho de força muscular, satisfaz a fome (ajudando no controle do peso, especialmente se consumido pela manhã) e fornece energia para o exercício físico já que é ótima fonte do aminoácido essencial leucina.

Outros benefícios do ovo:

  • Não causa hiperinsulinemia ou hipoglicemia;
  • Rico em tiamina, riboflavina, ácido fólico, B12, B6 (todas essenciais para a produção de energia);
  • Um único ovo fornece 6 gramas de proteína de alto valor biológico (13% da necessidade diária);
  • Mais barato que a carne.

Fonte: Layman, D.K.; Rodriguez, N.R. Egg Protein as a Source of Power, Strength and Energy. Nutr Today 44(1), pp43-48, Jan/Feb 2009.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!