Alimentação na infância influencia saúde na idade adulta

Uma nova pesquisa publicada no Journal of Physiology pela Dra. Raylene Reimer  indica uma conexão direta entre os hábitos alimentares na infância e a propensão ao ganho de peso na fase adulta. A pesquisadora é uma das referências no estudo da origem das doenças. Nesta linha de pesquisa, acredita-se que nosso ambiente pré-natal e em estágios iniciais da infância influenciam o futuro risco de desenvolvimento de condições como as doenças cardiovasculares, a obesidade e o diabetes. Isto porque os alimentos influenciam a expressão de genes, tornando alguns mais ativos do que outros. No estudo publicado o grupo comparou a influência de três tipos de dietas (rica em proteína, controle e rica em fibra) na infância e seu impacto na vida adulta de ratos. Todos os ratos quando adultos receberam a mesma dieta (rica em gordura e rica em açúcar, afim de refletir a dieta ocidental atual).

Os resultados foram que o grupo que teve um consumo maior de proteína na infância teve um ganho de peso maior quando adultos do que o grupo que tinha uma dieta com mais fibras. Ou seja, a alimentação na infância modulou a trajetória de hormônios relacionados com a saciedade e caminhos metabólicos que influenciam o ganho de peso futuro. Para as mamãoes brasileiras, o importante é que tentem seguir uma dieta mais natural possível, que pode ser baseada no Guia alimentar para crianças menores de 2 anos. Lembre-se que a chave é sempre a moderação já que tanto dietas pobres como dietas muito ricas em proteínas podem ser prejudiciais ao desenvolvimento. Adultos devem basear sua alimentação no Guia alimentar para a população brasileira, procurando um nutricionista para as individualizações que se fizerem necessárias.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags