Combinações perigosas entre medicamentos e suplementos

De acordo com uma nova pesquisa, pelo menos 2 milhões de idosos, apenas nos EUA, vem tomando uma combinação de drogas ou suplementos que pode ser arriscada. Idosos são mais vulneráveis aos efeitos colaterais e às interações medicamentosas por isto é importante ter em mente que apesar de alguns medicamentos e suplementos poderem ser adquiridos sem prescrição médica ou nutricional, isto não significa que são inofensivos. Aliás, virtualmente qualquer medicamento pode ter efeitos colaterais, as combinações então nem se falam...

A warfarina, por exemplo, um potente anticoagulante é frequentemente utilizado em combinação com a aspirina. Ambos aumentam o risco de sangramento e combinados o risco é ainda maior. O rico também está aumentado quando a warfarina é tomada juntamente à cápsulas de alho (também utilizadas na prevenção de tromboses).

Outras combinações desastrosas:

  • Aspirin + ginkgo biloba: aumentam a chance de sangramento excessivo;
  • Lisinopril (antihipertensivo) + suplementos contendo potássio: possível arritmia;
  • Estatinas (para redução do colesterol) + suplementos da vitamina niacina: danos musculares.

No site https://www.consumermedsafety.org/medsafetyalert.asp qualquer paciente pode consultar as possíveis interações entre seus medicamentos e suplementos.

Fonte da notícia: http://www.msnbc.msn.com/id/28368285/

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!