Traumatismo craniano requer alimentação saudável

Nutricionistas clínicos do Hospital Presbiteriano de Nova York e do Centro Médico Weill Cornell demonstraram que após o traumatismo craniano a suplementação nutricional por meio de sonda gástrica deve ser feita o mais rápido possível a fim visto que a conduta aumenta em até 4 vezes as chances de sobrevida do paciente. Isto acontece pois o corpo se recupera melhor quando tem nutrientes que garantam a produção de substâncias essenciais durante o tratamento. A pesquisa pode ser lida no Journal of Neurosurgery. No estudo os pesquisadores também demonstraram que a quantidade mínima de calorias deveria ser de 25kcal/kg/dia.

Autores do Trabalho: Drs. Härtl; Jam Ghajar; Linda Gerber e Quanhong Ni.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!