Estresse aumenta o apetite e a compulsão alimentar

De acordo com uma nova pesquisa publicada no Journal of Consumer Research, assistir aos crimes nos noticiários pode aumentar o apetite. Os autores do trabalho, Dra. Naomi Mandel (Arizona State University) e Dr. Dirk Smeesters (Erasmus University Rotterdam, the Netherlands) conduziram diversos experimentos na Europa e nos Estados Unidos.

Durante o projeto os participantes relatavam por escrito seus sentimentos sobre os acontecimentos, a insegurança devido à violência das cidades e o medo de morrer. Os pesquisadores compararam as emoções relatadas com os alimentos consumidos e concluíram que os indivíduos mais estressados e preocupados com a morte comiam mais do que outros indivíduos (mesmo aqueles com problemas de saúde porem sem preocupações com a própria segurança).

A pesquisa mostrou também que indivíduos com baixa auto-estima consumiam quantidades maiores de alimentos após os pensamentos de angústia com a morte. Uma das possíveis causas é que ao refletir sobre a própria e inevitável mortalidade muitas pessoas se angustiam pois acham que não fizeram muitas coisas positivas ou memoráveis. Uma forma de lhe dar com isto é aumentar a compulsão alimentar ou mesmo gastar exageradamente nas compras do shopping. O estudo também revelou que ao colocar um espelho em frente aos participantes os mesmos consumiam menos.

Para não perdermos o controle na hora de comer precisamos reduzir nossa ansiedade. Traga sua cabeça para o presente. Cuidado com o excesso de atividades. Peça e aceite receber ajuda. Não abrace mais responsabilidades do que dá conta. Aprenda a falar não para as situações que estão pesando, para as pessoas que precisam receber não. Dê um sim para você. Assim você reduz a ansiedade, trata a compulsão alimentar e emagrece. Procure um serviço de coaching. Em um programa de 8 semanas você aprende a observar suas emoções, traçar metas, respirar e se focar para reduzir a ansiedade.

Curso online: meditação e yoga no tratamento da compulsão alimentar

Artigos:

- Mandel, Naomi; Smeesters. "The Sweet Escape: Effects of Mortality Salience on Consumption Quantities for High- and Low-Esteem Consumers" Journal of Consumer Research: August 2008.

- Aschbacher et al., (2014). Chronic Stress Increases Vulnerability to Diet-Related Abdominal Fat, Oxidative Stress, and Metabolic Risk. Psychoneuroendocrinology. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4104274/

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags