Baixo consumo de vitamina D aumenta a mortalidade

Pesquisadores Australianos e Alemães mostraram que indivíduos com baixos níveis de vitamina D podem ter menos anos de vida. O estudo publicado no dia 23 de junho no Archives of Internal Medicine mostrou o acompanhamento de 3.258 pacientes com idade média de 62 anos, durante 8 anos. Os resultados:

  • Do total, 737 pacientes (22.6%) morreram, sendo 463 por doenças cardiovasculares;
  • Os acientes cujos níveis d vitamina D (25-hydroxyvitamin D) eram baixos tiveram um risco maior de morrer não só por causas coronarianas mas por outras doenças;
  • Baixos níveis de vitamina D estavam correlacionados com maiores níveis de indicadores inflamatórios como a proteína C reativa.

Os autores apontaram a necessidade de outros estudos que comprovem a relação causal entre baixas concentrações de vitamina D e aumento da mortalidade. Contudo, outros estudos também mostram resultados similares sugerindo que níveis de 25-hydroxyvitamin D acima de 20 nanogramas por milímetro cúbico de plasma são aconselháveis para a manutenção da saúde geral. É importante que a recomendação de vitamina D seja observada, já que estudos com estudos com idosos vem demonstrados que um baixo consumo está relacionado a mais fraturas, osteoporose, câncer, deficiências imunológicas e aumento da pressão sanguínea.

Fontes de vitamina D: peixes (sardinha, cavala, atum), ovos, alimentos fortificados (cereais matinais, leite). A vitamina D também é produzida em nossa pele pela exposição aos raios ultravioletas da luz solar.

Para saber mais: Harald Dobnig; Stefan Pilz; Hubert Scharnagl; Wilfried Renner; Ursula Seelhorst; Britta Wellnitz; Jurgen Kinkeldei; Bernhard O. Boehm; Gisela Weihrauch; Winfried Maerz. "Independent Association of Low Serum 25-Hydroxyvitamin D and 1,25-Dihydroxyvitamin D Levels With All-Cause and Cardiovascular Mortality." Arch Intern Med 2008;168(12):1340-1349. Vol. 168 No. 12, June 23, 2008

Fonte da imagem: http://www.healingtherapies.info/VitDmetabolism.jpg

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!